September 19, 2018

January 18, 2018

January 16, 2018

Please reload

Posts Recentes

O que vai acontecer no pós-pandemia?

May 18, 2020

1/2
Please reload

Posts Em Destaque

DESABAFO – COVID-19

May 15, 2020

 

 

Obviamente tenho me preocupado muito com minha saúde e de meus familiares, mas além de compreender, respeito a recomendação de ficar em casa, porém concordo quando afirmam que não serve para todos por conta da distinção das classes sociais. Por esse motivo, sou a favor do equilíbrio, caso contrário as estatísticas mostrarão, não só uma curva altíssima de óbitos por Covid-19, como também, um aumento considerável de pessoas morrendo, por exemplo de ataque cardíaco, devido a preocupação de terem seus pequenos (porém valiosos) negócios se desintegrando e muitos assistindo impotentes seus entes passando fome. Inclusive acompanho uma situação como essa em tempo real, pois minha Esposa é Pedagoga, possui uma Escolinha Infantil e tem perdido no mínimo 2 alunos por semana. Tenho sido seu "psicólogo", pois a prioridade é que ela saia deste período com saúde física e mental, só assim será possível juntarmos os cacos. Mas ainda sobre o equilíbrio, acredito que desta forma, a retomada poderá ser mais acelerada.

 

Pois bem, realmente é uma situação nova onde, até mesmo os profissionais mais gabaritados, capacitados, qualificados, visionários... independente do setor, seja da economia, educação, entre outros mas, principalmente da área da saúde, foram pegos de surpresa, de modo que, além da necessidade de serem resilientes na "marra", ainda precisam refletir no sentido de como vão se reinventar para uma nova normalidade que não se tem certeza de como será.

 

O momento que estamos passando realmente serviu para que, tanto as empresas como seus colaboradores e consumidores, se adequassem para a continuidade dos processos mas, até pela necessidade de redução de custo no momento da retomada, muitas seguirão com as mesmas políticas praticadas atualmente, gerando com isso, um provável grande impacto em diversas áreas.

 

Acredito que será imprescindível para quem pretende se reerguer e permanecer no mercado, ter o discernimento de não poder de forma alguma ser reativo a situações e mudanças que aparecerão e que muitas vezes poderão ser impostas. É de extrema importância também, serem flexíveis a regras, recomendações e protocolos, seja por parte do empregador ou pelos clientes e, principalmente, se manterem com a mente aberta pensando sempre fora da caixa para absorverem com maior facilidade a nova normalidade.

 

Em paralelo não poderá faltar nunca: foco, humildade e principalmente perseverança.

 

Espero que possamos passar por tudo isso com saúde e disposição, que o impacto negativo seja o mínimo possível e que possamos nos adaptar o quanto antes, para que lá na frente tenhamos motivos para brindar a vitória!!!

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo